[ X ]

Ainda não está registado?

Registe-se no novo site do CPS e termine mais rapidamente as suas encomendas, aceda à sua Coleção e, se já é Sócio, utilize as suas quotas! 

Registo

Login

Esqueci-me da password

Alain Corbel

As Gémeas

Disponível

Técnica: Serigrafia

Suporte: Papel Fabriano D5 GF 300gr

Dimensão da Mancha: 45x63 cm

Dimensão do Suporte: 50x70 cm

N.º de cores: 12

Data: 2005

Nº de Exemplares: 200

Ref: S0615

PVP: €280

Sócios: €196 ou 4M

Prémio Nacional de Ilustração 2002

Nota crítica

Alain Corbel

Outras obras disponíveis de Alain Corbel

Nasceu na Bretanha, França, em 1965. Estudou em Bruxelas na St. Lukas School of Fine Arts. Aí conheceu Eric Lambé, com quem criou a Mokka e a Pelure Amère, duas revistas de comics. Entre 1996 e 1997 foi director artístico da secção infantil do jornal da Bretanha Nekepell. Já em Portugal, trabalhou como artista BD, ilustrador e storywriter em várias revistas e jornais, tendo ainda publicado vários livros ilustrados, nomeadamente o Contos de Macau, de Alice Vieira, editado pela Editorial Caminho e que lhe valeu o prémio de Melhor Ilustrador Português. Organiza workshops de escrita e ilustração, desde o ano 2000, na Guiné Bissau e São Tomé. Entre 2001 e 2004 participou num projecto promovido pela NGO que versou sobre a realidade social de vários países africanos – Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique – de onde resultou um livro intitulado Ilhas de Fogo. Alain Corbel visita diversos países e faz inúmeras viagens que o auxiliam como ilustrador. Considera inclusive que o seu trabalho profissional é uma espécie de viagem interior. Por isso afirma que a liberdade e flexibilidade no estilo e técnicas de ilustração são fundamentais. As suas ilustrações reflectem exactamente essa perspectiva: o de um viajante do mundo que vai recolhendo as vivências através de imagens. Do ponto de vista imagético, é possível encontrar nos seus trabalhos influências do oriente e do ocidente, captadas por uma técnica de desenho resumido aos seus traços essenciais, onde a cor é elemento fundamental. O seu trabalho tem sido reconhecido e premiado, nomeadamente em 2000 o 3º Prémio da Categoria 1, Luzerner Comix Festival; em 2001 Award of Excellence, Society for News Design, EUA; 2002 o Prémio Nacional de Ilustração, por “Contos e Lendas de Macau”; 2004 Award of Excellence, Society for News Design, EUA; e em 2005 a Menção Honrosa pelo Prémio Nacional de Ilustração, por “A Máquina Infernal”.

Ler Mais
Ver Obra completa.