[ X ]

Ainda não está registado?

Registe-se no novo site do CPS e termine mais rapidamente as suas encomendas, aceda à sua Coleção e, se já é Sócio, utilize as suas quotas! 

Registo

Login

Esqueci-me da password

Gonçalo Salvado

A Invenção do Paraíso

Disponível

Técnica: Serigrafia

Suporte: Papel Fabriano Art GF 300gr

Dimensão da Mancha: 51x37,5 cm

Dimensão do Suporte: 70X50 cm

N.º de cores: 28

Data: 2006

Nº de Exemplares: 200

Ref: S0598

PVP: €265

Sócios: €186 ou 4M

Nota crítica

Gonçalo Salvado

Outras obras disponíveis de Gonçalo Salvado

Nasceu em 1967, e é Licenciado em Filosofia pela Universidade Católica de Lisboa. Tem publicado vários livros de poesia, entre os quais se destaca Iridescências, em que os poemas foram integrados num álbum com serigrafias do artista espanhol Xavier, em 2003, numa edição prefaciada por Maria João Fernandes que o situa "na linha do poeta-pintor Júlio Saúl Dias" e "de um lirismo depurado e luminoso". A seu respeito pronunciou-se Pedro Mexia: "(...) Gonçalo Salvado insere-se na tradição mais rica da poesia portuguesa que é também a mais exigente: a tradição do lirismo amoroso (...), numa fecunda linha de erotismo casto que tem o seu expoente máximo no Cântico dos Cânticos ". Publicou ainda a antologia: Camões Amor Somente, uma edição da Caja Duero, Salamanca, Lisboa, 1999, com prefácios de José Miguel Santolaya Silva e de Mendo Castro Henriques e desenhos de Ambrósio Ferreira. Em 2004 organizou com Maria João Fernandes, responsável pela escolha dos pintores que a ilustram, a antologia: Cerejas - Poemas de Amor de Autores Portugueses Contemporâneos. A antologia inclui diversos desenhos seus.

Ler Mais
Ver Obra completa.