[ X ]

Ainda não está registado?

Registe-se no novo site do CPS e termine mais rapidamente as suas encomendas, aceda à sua Coleção e, se já é Sócio, utilize as suas quotas! 

Registo

Login

Esqueci-me da password

Jorge Pé Curto

S/ Título

Disponível

Técnica: Gravura

Dimensão da Mancha: 36x43,5 cm

Dimensão do Suporte: 50x70 cm

Data: 2013

Ref: G336B

PVP: €335

Sócios: €235 ou 6M

 

 

 

Nota crítica

Jorge Pé Curto

Outras obras disponíveis de Jorge Pé Curto

Nasceu em 1955, em Moura. Vive em Almada desde 1965.

 

Aos dez anos de idade começou a frequentar o Centro Artístico Infantil, no Castelo de S. Jorge, de que era mentor o pintor Hermano Baptista. Mais tarde estudou escultura na Escola António Arroio como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.

Em 1981, juntamente com outros artistas, fundou em Almada, a IMARGEM, projecto que, entretanto, viria a abandonar. Foi também professor do ensino oficial durante 17 anos.

 

Como artista plástico desenvolveu actividade na cerâmica, pintura, design de cartaz e gravura, mas seria na escultura, nomeadamente na pedra, que viria a centrar o seu trabalho. Colectivamente, Jorge Pé-Curto participou desde 1972 em diversas exposições em galerias, instituições várias, espaços comerciais e mostras escultóricas ao ar livre. Alguma da sua arte-pública: Monumento ao Homem do Mar, Feijó, Almada, 2010; Construção Dinâmica, Simpósio de Escultura, Braga, 2008; Figura Cindida com Ave, Simpósio de Escultura em Pedra da Faculdade de Ciências Técnicas - UNL, Monte de Caparica, 2006; Monumento ao Pescador, Costa da Caparica, 1985; Evocação de Fernão Mendes Pinto, em colaboração com Francisco Bronze, Almada, 1984.

 

Expõe individualmente desde 1984, algumas destas exposições: Galeria de S. Bento, Lisboa, 1993; Galeria Vértice, Lisboa, 1996; Galeria S. Francisco, Lisboa, 1998; Galeria Galveias, Lisboa, 2002; Perve Galeria, Lisboa, 2011; Galeria de Arte do Casino Estoril, 2011; Galeria São Francisco, Lisboa, 2012.

 

A sua obra está presente em diversas colecções privadas.

Ler Mais Ver Obra completa.