[ X ]

Ainda não está registado?

Registe-se no novo site do CPS e termine mais rapidamente as suas encomendas, aceda à sua Coleção e, se já é Sócio, utilize as suas quotas! 

Registo

Login

Esqueci-me da password

António Prates

Vida - Narrativas Poéticas

Disponível

Data: 2017

Ref: LV35398

PVP: €15

Sócios: €10

Livro de poemas do fundador do CPS, António Prates, ilustrado com mais de 80 desenhos e pinturas dedicados ao autor. No Compreende cerca de 70 artistas nacionais e internacionais, como Artur Bual, Cruzeiro Seixas, Júlio Resende, Nadir Afonso, Peter Klasen, António Segui ou Errö.

 

António Prates

Outras obras disponíveis de António Prates

António José Prates  nasceu em Vale de Açor, Ponte de Sor. É um reconhecido galerista, empresário e escritor português tendo fundado a Galeria de São Bento, o Centro Português de Serigrafia, a Galeria António Prates e a Fundação António Prates.

Em 1984, iniciou a sua atividade como galerista com a abertura da Galeria de São Bento, um espaço de encontro de artistas e outros intelectuais da época. Na conceção deste projeto destacam-se os artistas Luís Machado, Artur Bual, Lima de Freitas, Martins Correia, Eduardo Alarcão, Luís Dourdil e António Palolo.

Em 1985 contactou o pintor Manuel Cargaleiro convidando-o a fazer uma serigrafia e fundou, com o objetivo de formar um clube de arte, o Centro Português de Serigrafia, convidando, João Prates, para o liderar.

Mais tarde, fundou a galeria com seu nome: Galeria António Prates. Esta tinha também como objetivo o contacto com artistas de renome internacionais. Realizou exposições de grandes nomes da arte internacional por exemplo da Figuração Narrativa, como Antonio Segui, Bernard Rancillac, Erró, Jacques Monory, Peter Klasen e Vladimir Velickovic, do Novo Realismo como Arman e Yves Klein e também com outros grupos de artistas como o grupo espanhol El Paso, com artistas como Antonio Suárez, Luis Feito, Manuel Viola, Rafael Canogar e Antonio Saura assim como outros espanhóis como Alberto Reguera, Andrés Alcántara, Esther Pizarro, Hilario Bravo e José Manuel Ciria.

A galeria tornou-se pioneira, exibindo das primeiras exposições no mundo de Arte Robótica, em 2004, e Bioarte, em 2005, com Leonel Moura, Miguel Chevalier, Harold Cohen, Ken Rinaldo, Christa Sommerer e Laurent Mignonneau.

Fez também a primeira exposição de Street Art em Portugal, com intervenção direta dos artistas, "Além-Paredes" (2012) Costah, Dalaiama, EL ST, Pantónio, ± maismenos ± (Miguel Januário), MAR (Gonçalo Ribeiro), Maria Imaginário, Miguel "RAM", Robert Proch, Target, YUP – Paulo Arraiano.

Ainda assim, a pintura portuguesa esteve sempre presente na Galeria António Prates. Destacam-se os consagrados Artur Cruzeiro Seixas, Carlos Calvet, Nadir Afonso, assim como artistas mais novos como Clara Martins, Leonel Moura, Luís de Lemos, Manuel Patinha.

A 15 de Dezembro de 2017, lançou o livro "Vida - Narrativas Poéticas".

Ler Mais
Ver Obra completa.