[ X ]

Ainda não está registado?

Registe-se no novo site do CPS e termine mais rapidamente as suas encomendas, aceda à sua Coleção e, se já é Sócio, utilize as suas quotas! 

Registo

Login

Esqueci-me da password

Gracinda Candeias

Série Primaveril

Esgotado

Técnica: Serigrafia

Suporte: Papel Fabriano D5 GF 300gr

Dimensão da Mancha: 44x56,5 cm

Dimensão do Suporte: 56x76 cm

N.º de cores: 58

Data: 2003

Nº de Exemplares: 200

Ref: S0526

Nota crítica

Gracinda Candeias

Outras obras disponíveis de Gracinda Candeias

Gracinda Candeias nasceu em Luanda em 1947, filha de um pai também pintor, José Marques Candeias. Aos 18 anos parte para o Porto com o objetivo de realizar o Curso Geral de Pintura na Escola de Belas Artes, tendo tido como professor o Pintor Júlio Resende, entre outros. Entre 1972 e 1973, realizou os cursos de Pintura e de Têxteis na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. No ano de 1973 foi Assistente na Sociedade Nacional de Belas Artes e em 1984 foi subsidiada pela Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa. Entre 1986 e 1988, viveu em Paris, como bolseira da mesma fundação, tendo tido como tutores Júlio Pomar e Eduardo Luís. Figura incontornável do panorama cultural português. Artista de múltiplos interesses: pintura, performance, cenografia, moda, rádio, dedica-se também a projetos de investigação de temas tão diferentes como a arte rupestre africana ou as novas tecnologias de imagem. É autora de diversos painéis de azulejos em espaços públicos, sendo o mais conhecido o Metro do Martim Moniz, em Lisboa. Ao longo da sua carreira participou em mais de 500 exposições nomeadamente em cidades como Paris, Lisboa, Bruxelas, Madrid, Macau, Luanda, Brasília e Pequim. Na sua carreira conta com várias distinções, entre elas o Prémio Pintora do Ano, Lisboa (1982) e o Prémio Carreira “Mac/99”, Lisboa (1999). O seu trabalho encontra-se representado em diversos Museus e coleções privadas, em Portugal e no estrangeiro.

Ler Mais Ver Obra completa.