[ X ]

Ainda não está registado?

Registe-se no novo site do CPS e termine mais rapidamente as suas encomendas, aceda à sua Coleção e, se já é Sócio, utilize as suas quotas! 

Registo

Login

Esqueci-me da password

António Domingues

Portugal

Biografia

Nasceu em Lisboa em 1921. Frequentou a Escola António Arroio, onde mais tarde foi professor de serigrafia. Foi estudante nocturno, negociante de ferro e maquetista numa litografia. Também foi, desde 1946, militante do Partido Comunista Português. Cruzou as telas com a política e participou, nomeadamente, na Bienal de Artes Plástice. Entretanto, ladeado pelos companheiros de sempre - Leonel Rodrigues, Moniz Pereira, Marcelino Vespeira, Alexandre O'Neill, Mário Cesariny, Cruzeiro Seixas e outros - fundou o Grupo Surrealista de Lisboa. Em 1942, frequentou as tertúlias artísticas do café Hermínios. É o autor da série de desenhos "Lendas de Timor", e deixou uma autobiografia, publicada, em 1986, pelo jornal "Diário". Foi político anarco-sindicalista, chefe de redacção do Diário “A Batalha”, e sócio e periodista da Editorial Globo. No âmbito surrealista, apesar da sua participação ter sido breve, devido a ter-se afastado em seguida para se entregar à luta político-partidária, deixou alguns poemas e uma contribuição no grande cadavre-exquis de 1948, exposto na primeira exposição do Grupo Surrealista de Lisboa. Não se afastou contudo por completo da actividade artística, dando aulas e realizando trabalhos como gráfico e ilustrador, e por fim regressando à pintura. Entre as exposições individuais que realizou, destacamos: 1977, Exposição Retrospectiva, Museu Nacional da Natureza, Luanda, Angola; 1986, União dos Escritores Angolanos, Luanda, Angola; 1988, SNBA, Lisboa; 1994, Biblioteca Municipal Camões, Lisboa; 1996, Clube dos Jornalistas, Lisboa. Faleceu em 2004.

 

Ler Mais Ler Menos